Passos fundamentais para conseguir presença na Internet

Tem uma ideia para lançar um novo projeto, mas não sabe como dá-lo a conhecer? Teme que todo o esforço investido não tenha resultado se não consegue um espaço importante de atuação? Se a sua ideia é boa não se preocupe, só precisa é de saber como conseguir uma mínima presença na Internet.

Há anos para dar a conhecer um projeto era necessário promovê-lo cara-a-cara e ter uma boa rede de contatos que difundissem a ideia através do boca-a-boca. Para torná-lo em um fenómeno de massas, a sua devia passar necessariamente pela televisão ou pela rádio. Na atualidade, o processo é significativamente diferente. Por uma parte, mais simples devido à possibilidade de não ter de sair de casa, no entanto, complica-se o processo devido à crescente competitividade.

Em este post vou a ensinar os passos fundamentais que deve seguir para conseguir presença na Internet. Quatro elementos indispensáveis em qualquer ideia de negócio ou projeto social precisa para conseguir uma imagem fiel de aquilo que queremos transmitir à audiência:

 

1. Cria uma conta de correio eletrónico exclusivo

Pode resultar obvio, mas é surpreendente os projetos individuais que começaram com uma conta de correio pessoal. Ainda não sabe até que ponto irá crescer o seu projeto, e se este tiver sucesso com certeza irá partilhar trabalho com mais sócios. Assim que onde tiver que registar-se, faça-o com uma conta de correio independente que todos possam usar em um futuro. Por outra parte, presentar-se como uma única pessoa ajuda a construir a imagem da sua empresa, por isso, mesmo que a conta seja independente tente assinar sempre baixo o mesmo nome para ser coerente.

2. Ganha presença na Internet com as redes sociais

É provável que este seja o aspeto mais importante a ter em conta. As redes socias como Facebook, Instagram e Twitter, que são atualmente as mais usadas, proporcionam uma capacidade de difusão extraordinária. É necessário que lute em estas. Aí deverá promover as suas ideias ou produtos de maneira breve, mas sempre a enlaçar o seu “quartel-general” (explicação da expressão no ponto a seguir) para mais informação, tendo em conta que este será a sua página web.

Com o correio eletrónico já criado, agora só faltará registar-se em cada uma de estas redes ou. ao menos para começar, em Facebook e Twitter que se complementam muito bem. Também em YouTube se está a pensar usar vídeos. A presença na Internet não a conseguirá criando só as respetivas contas. Para cumprir o seu objetivo, estas devem ser usadas para criar conteúdo original e exclusivo que repercuta em uma maior interação entre os seus usuários. Opte por perguntar, gerar um debate e interatuar com o seu público. Faça com que o inicio do seu projeto seja algo partilhado, que os seus clientes se sintam parte do nascimento.

 

Uma ferramenta muito útil para programar tanto os posts do Facebook como as mensagens de Twitter é HootSuite, que para além de oferecer uma prova grátis de 30 dias na sua versão Pro. O seu uso é realmente simples e permite ter presença na Internet durante todo o dia/dias com só uns minutos de dedicação.

Por outra parte, relativamente à estética, existem programas com ferramentas com as quais podes recortar os enlaces para que não estraguem os formatos nas redes sociais ou nos posts. Com estas, os enlaces ficarão bonitos, curtos e igualmente acessíveis. Eu recomento Bit.ly, embora HootSuite já tem uma ferramenta integrada.

3. Crie o seu “Quartel-General”

Para criar o seu próprio sitio web vai encontrar muitas ofertas diferentes. WordPress oferece um serviço gratuito, mas limitado, para criar o seu espaço online. Se quer ampliar as suas opções e criar um excelente Quartel-General, e inclusive obter um domínio próprio que lhe permita ser encontrado com maior facilidade, recomendo que procure os descontos em Godaddy. Por outra parte, se quer provar a sua sorte com algo diferente a WordPress, em Profesional Hosting poderá encontrar diferentes oportunidades.

Outra opção que recomendo é Wix. Oferece uma panóplia de modelos já criados muitos interessantes e intuitivos para o usuário. Como de costume, tem o seu serviço gratuito e outro pago com muitas mais opções e ferramentas para usar. Dê uma olhada em como ficou este!

 

Em conclusão, e independentemente de qual for a sua seleção, assegure-se de escolher um nome para o seu domínio que não pense em mudar. Além disso, deverá ter em conta os algoritmos de Google para um bom posicionamento SEO no seu motor de busca. Crie conteúdo com frequência e tente conseguir menções e links em outros espaços web para ganhar posição no ranking. Por de 6€ pode conseguir este manual eBook que lhe explica a importância do SEO e os conselhos a seguir para melhorar a sua presença na Internet.

4. Desenvolvimento da sua imagem corporativa antes de difundir o projeto

Este passo foi colocado em último lugar devido à dificuldade que implica. Ao igual que ocorre com o nome do projeto que vai empreender, a imagem não deve ser modificada. É certo que algumas marcas têm otimizado o seu logo ao longo dos anos, no entanto, as modificações costumam ser pequenas. Deste modo, o importante é levar a cabos os passos anteriores e à medida que vai construindo uma imagem virtual será mais fácil visualizar um logo que reúna todas as características que deseja. Pode encontrar alguma ajuda, a baixo custo, em Fiverr. Se o que procura é algo mais profissional, então opte por 99 designs, onde encontrará uma qualidade excelente, a um maior custo.

 

Pense que o logotipo vai ser a imagem que a gente vá associar ao seu projeto. Tente que transmita os seus valores através da sua forma ou cores. Deve conseguir que seja decifrável em termos agregadores, isto é, que não se associe exclusivamente a um sector da população, a naõ ser que a audiência a quem quer atingir a sua mensagem esteja encarada a um âmbito exclusivo.

Alguns conselhos extra que deverias considerar antes de lançar o seu projeto a Internet

a) Deve fazer-se algumas perguntas para perfilar o seu objetivo definitivo antes de dar a conhecer o seu projeto. Talvez algumas de estas perguntas que lhe realizamos a um par de blogueiras possam servir-lhe de ajuda.
b) Para o seu canal de YouTube a música será um elemento crucial. Dê uma olhada ao nosso post sobre o neuromarketing musical e conheça como pode ter um maior impacto na sua audiência.
c) Trabalhe com conforto e sem limitações. Se o seu PC é demasiado antigo e lento como para abrir algumas das aplicações que lhe recomendei, procure em páginas como PC Componentes ou Acer para comprar um que lhe ajude a poupar tempo. Assegure-se de protegê-lo com um bom antivírus, como o Avast que é muito económico.
d) Se para além de quer ganhar presença na Internet, o seu projeto também requer contato direto com a gente, segue os conselhos que escrevi para controlar os nervos em público.